in

Joyce Dupont: super mãe que criou 73 crianças

-joyce-dupont-criou-73-criancas nova odessa fatos e eventos

Joyce Dupont: super mãe que criou 73 crianças

Conheça a história de Joyce Dupont: super mãe que criou 73 crianças

http://jovempan.uol.com.br

No estado americano da Dakota do Norte, mora uma simpática senhora chamada Joyce Dumont que também é muito especial. Uma super mãe, ela dedicou seis décadas de sua vida à criação de mais de 70 crianças. Em entrevista à revista ‘People’, Joyce contou que grande parte delas era de crianças adotadas que fugiam de lares abusivos.

“Essa criança passaram a infância inteira cuidando dos irmãos – cozinhando e limpando para eles, porque a mãe não estava lá”, falou Dumont sobre Garrett (16), sua mais nova filha adotada. “Ela nunca conseguiu ser criança, nunca conseguiu ir à escola. Como poderia dizer não?”, relevou a senhora. E foi assim com mais outras 64 crianças. De todas as crianças criadas por ela, seis são filhos biológicos, 11 enteados, oito legalmente adotados e 48 agregados.

O que, para Joyce Dupont não parece fazer a menor diferença. Antiga enfermeira e, nos últimos cinco anos, mãe solteira, a primeira vez em que abriu as portas de casa para filhos de coração foi em 1971, quando Gordon Machipiness-Sandrick lhe pediu ajuda. “Ela me deu um lar e mudou a minha vida. E para toda as outras crianças é a mesma história”, desabafou Gordon, hoje com 27 anos. “Ela é a pessoa mais amável e generosa que eu jamais vou conhecer”.

Na época, segundo Joyce Dupont na entrevista à ‘People’, ela se mudou com seu marido para uma unidade domiciliar na cidade de Dunseith, onde percebia muitas crianças negligenciadas pelo pais. “Os pais delas tinham problemas com álcool ou estavam fora o tempo todo, então eu comecei a cuidar delas, e quando fui ver já tinha sete crianças morando conosco, além dos nossos seis filhos. Eu só queria que eles se sentissem amados, algo que eles não sabiam como era”, lembrou Joyce.

Na época, ela morava em uma casa com apenas dois quartos e, o que para muitos já seria um empecilho, Joyce viu apenas como um obstáculo a ser ultrapassado. Ela limpou o porão e instalou camas e, depois, acertou com o estado da Dakota do Norte para se tornar uma mãe adotiva. Atualmente, Joyce Dupont mora em uma casa com uma grande história de amor e três quartos.

Em sua casa, hoje vivem apenas cinco crianças, mas dúzias das quais ela criou fazem questão de morar perto da ‘mãe’ e constantemente a visitam. E, quando todos se reúnem para fazerem as refeições, a quantidade de pessoas faz com que todos tenham de comer em turnos, fazendo com que o almoço dure do meio-dia até às oito horas da noite. “É desse jeito ou alugando a prefeitura”, brinca Lucy Vivier, a 23ª filha adotiva de Joyce, que chegou aos seus cuidados com 14 anos.

Falando sobre Joyce Dupont, Lucy diz que a mãe fez muito mais do que apenas criar todas as crianças. “Não tem como saber onde eu estaria, ou qualquer um de nós, sem ela. Minha mãe trouxe o que havia de único em cada um de nós. Ela nos tratou como indivíduos e sempre soube do que nós precisávamos”, lembrou carinhosamente Vivier.

Publicidade
como-melhorar-a-memoria nova odessa fatos e eventos

Dificuldade de memória, mesmo entre pessoas jovens

as novas descobertas da sonda da Nasa em Júpiter nova odessa fatos e eventos

As novas descobertas da sonda da Nasa em Júpiter