in

Tem pai que é mãe – o homem e seus filhos

Tem pai que é mãe nova odessa fatos e eventos

Tem pai que é mãe – o homem e seus filhos

https://istoe.com.br

Novos tempos: cresce o número de famílias formadas apenas pelo homem e seus filhos

Trocar a fralda do bebê e levantar várias vezes à noite para conferir a temperatura, preparar a lancheira da criança e voltar a estudar matemática para ensinar o filho. Esses e outros cuidados, rotina das mães, agora são cotidiano de muitos homens que, sozinhos, criam seus filhos. O número de pais solteiros aumentou 28% em pouco mais de uma década, segundo estudo sobre a desigualdade de gênero e raça divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) na semana passada.

Em 1993, a proporção de famílias formadas por pai e filhos era de 2,1%. Em 2006, pulou para 2,7%. O crescimento é pequeno, mas sinaliza uma transformação importante: os homens têm assumido a responsabilidade pela criação das crianças e brigado na Justiça pelo direito ao trabalho e ao prazer da convivência diária. “É uma tendência inovadora para a nossa sociedade, na qual o papel de cuidadora caberia naturalmente à mãe, e ao pai o de sustentar a família”, explica a pesquisadora do Ipea Natália Fontoura.

O Brasil começa a adotar um modelo de família bem mais comum nos Estados Unidos e na Europa, onde, de acordo com a antropóloga Ellen F. Woortmann, isso acontece desde os anos 1990. “Acredito que o avanço esteja mais nas grandes cidades”, afirma ela, também professora da Universidade de Brasília. Nos EUA, muitos homens adotam ou recorrem a barrigas de aluguel para viver o sonho da paternidade. Segundo a Growing Generations, uma das maiores agências de barrigas de aluguel do país, 24% dos clientes são solteiros, homo ou heterossexuais.

Publicidade
a mãe mais jovem confirmada pela medicina nova odessa fatos e eventos

A mãe mais jovem confirmada na história da medicina

como-melhorar-a-memoria nova odessa fatos e eventos

Dificuldade de memória, mesmo entre pessoas jovens